4 de set de 2010

Lágrimas

Chorei, confesso que você me viu chorando, mas as lágrimas que derramei, foi pelo simples fato de estar te amando.
Você vive correndo por caminhos (que considero) errados e não vê que poderá corrigi-los correndo para os meus braços.
Sonhar com você quase sempre me faz chorar.
É como se estivesse aprisionada em um mundo paralelo em que tudo que mais desejo se torna realidade, onde seus beijos me levam ao delírio e suas carícias me trazem paz!

Por um breve instante, me sinto bem e em seguida, num ato involuntário, acordo. A angústia volta, o nó na garganta aperta cada vez mais, a vontade de berrar desesperadamente para o mundo o que sinto é imensurável. Por dentro estou corroída de tanto guardar tais sonhos e lembranças.
Por um lado é tão bom e por outro tão ruim. Fico confusa!

Me pergunto como será o dia do reencontro fora do mundo paralelo. Como irei me comportar?
Pergunta obviamente sem resposta! Apenas viver o momento e deixar que o coração comande o resto.
E nesse dia, terei que admitir novamente: Chorei, confesso que me viu chorando, porém essa lágrima morrerá em minha boca ao dizer: Amei, amo e vou te amar para sempre!

2 comentários:

  1. sempre fico me perguntando. ficção ou realidade?

    ResponderExcluir
  2. Amei, amo e vou te amar para sempre!!!

    ResponderExcluir